VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA A MULHER

CONTRIBUIÇÕES DAS NEUROCIÊNCIAS

  • Danilo Ribeiro do Nascimento Aragão
  • Virginia Turra
  • Isabelle Patriciá Freitas Soares Chariglione
Palavras-chave: Cognição, Neurociências, Mulheres, Violência sexual

Resumo

A violência sexual sofrida por mulheres é um problema de saúde pública. Segundo a Organização das Nações Unidas, estima-se que um terço das mulheres no mundo já foram vítimas de violência. Ademais, existe uma forte relação entre declínios cognitivos, disfunções sexuais e a manutenção de Transtorno de Estresse Pós-Traumático em mulheres vitimadas. Por esse motivo, o objetivo deste trabalho foi evidenciar o olhar da Psicologia, mais especificamente das neurociências, sobre as práticas sexuais de mulheres, por meio de uma revisão bibliográfica. Discutir a vida sexual de mulheres vítimas de violência sexual revelou-se como um problema para esta investigação, pela escassez nas análises psicológicas, especialmente as inseridas no âmbito da cognição e das neurociências. Porém, os dados encontrados revelaram que existe uma preocupação, principalmente em outros países, para retornar estas mulheres a uma vida sexual satisfatória. É cabível uma reflexão sobre a necessidade de maiores estudos por meio da cognição e das neurociências, especialmente no que se refere ao desenvolvimento de metodologias para abarcar as necessidades dessas mulheres e meios de proporcionar melhoria na qualidade de vida de maneira geral, e em termos de vida sexual, de maneira específica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-09-05
Como Citar
Nascimento Aragão, D. R. do, Turra, V., & Freitas Soares Chariglione, I. P. (2019). VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA A MULHER. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 29(2). https://doi.org/10.35919/rbsh.v29i2.59
Seção
Trabalhos de Pesquisa